sábado, 5 de setembro de 2009

QUEM SOBE AO PALCO DO LAPA E ABRE O III BH INDIE MUSIC

São mais de 100 bandas participando desta terceira edição do BH Indie Music. Um festival independente que se consolida, definitivamente, em 2009.
Desta centena de bandas independentes de todo o país, uma parte delas, abre o festival, dia 07 de setembro no Lapa Multshow.

ANTENAFOBIA - Bhz/MG
http://www.myspace.com/antenafobia

DSC04757.jpg Antenafobia - Foto Marco Aurelio Prates picture by bhindiemusic

"A banda traz o som do rock contemporâneo"
Encabeçado por Rond Gaspar, a banda Antenafobia ganha vida no seu álbum de estréia "insônia". São dez faixas em que o rock'n'roll se manifesta com (finalmente!!!) respingos concretos de contemporaneidade, fazendo paralelo a bandas inglesas similares do mesmo gênero como libertines, long pigs, Muse, coldplay e radiohead.
Não é exagero situar este trabalho completamente independente com expoentes do rock universal supracitados.Composto de versos delicados e românticos, acima de tudo melancólico, "insônia" consegue traduzir um estado de espírito urbano e cinza com honestidade.
Seu principal mérito, porem, é saber usar a simplicidade com inteligência.
Nada que se escuta é inexecutável.Pelo contrário, na faixa "antes do amanhecer", por exemplo, a guitarra repete a mesma linha em praticamente toda a canção. "Insônia" não quer descobrir a América, faz o básico bem feito e deixa a letra passar suas razões, justificando a presença.
Letras de versos simples, como em "Mesmo que seja assim" – "Eu que tanto amo você, sei que não posso ter o teu amor por mim. Mas mesmo que seja assim tal dor dentro de mim, não vou lhe esquecer". A faixa, inspirada em canções de amor do início do século passado, ganha forma coerente com a nova realidade do século XXI.
Mas nem só de adereços e notas pontuais se faz rock. Os riffs começam a apontar.
Já na introdução da segunda canção batizada de "tarde demais" um power pop que possui todas as formulas feitas das canções de sucesso, variando de pegada de acordo com o andamento.
O começo é vigoroso, quando inicia a voz, a pegada cai e adorna os versos, no refrão tudo é jogado pra cima, volta os riffs, um pequeno solo, e está feito um sucesso independente.
Por tudo isso "insônia" é um material rico por mostrar ser possível fazer rock contemporâneo a seus pares gringos, mas com identidade própria e autentica.
Duda Fonseca – Jornal O Tempo BH/MG.


BERRODÚBIO - Rib. Preto/SP
www.myspace.com/berrodubio

berro-1-1.jpg picture by bhindiemusic

Experimentalismo e Intensidade definem o Berrodubio, com influencias multiplas, a banda pretende conduzir seus ouvintes ao mundo da distorção temperado por poesias.
Formada em meados de 2006, Berrodubio não pretende se classificar como uma banda, mas sim como um coletivo caótico, tendo a musica como meio de expansão de suas tentativas de alcançar o caos. Desprendida de tendências ou ainda da necessidade de fazer este ou aquele tipo de som, sua única prisão é a viagem que os aguarda, você vai com eles?

CARA SUJA - São Paulo/SP
www.myspace.com/carasuja

Foto_CaraSuja.jpg Cara Suja picture by bhindiemusic

Pós-punk, jazz, black music e rock psicodélico fazem parte do caldeirão musical da banda CARA SUJA. Sinais, seu terceiro CD, foi produzido por Fernando Sanches (CPM 22) e traz 10 faixas autorais, que deixam evidente a identidade da banda.
O novo trabalho reflete a maturidade do CARA SUJA, resultado das experiências de Leandro Archela (voz, guitarra e teclados), Iládio Davanse (baixo), Eloy Figueiredo (guitarra) e Cacá Amaral (bateria): a vivência do mercado independente nacional, experimentações em estúdios e palcos e o Projeto Tapetão, que levou a música da banda às ruas da cidade de São Paulo e Nova York. A cidade de São Paulo também é presença forte nas letras, que trazem referências cinematográficas e fotográficas e falam sobre o homem e suas relações em meio ao caos urbano.

IN VERSO - Bhz/MG
www.myspace.com/bandainverso

Foto_InVerso.jpg In Verso picture by bhindiemusic

Idealizada em 2001 e consolidada em 2007, após seis anos de experiências e diversas formações, a banda In Verso emerge no cenário musical de Belo Horizonte - MG. Composto pelos integrantes: Marcos Rosa (guitarra e voz), Fred Oliveira (guitarra), Leandro Leroy (baixo) e Tiago Boscoli (bateria), o In Verso apresenta canções originais, enérgicas e cativantes, melodias marcantes acompanhadas por guitarras poderosas. O som do In Verso caminha pelo rock e pelo punk, sem perder o apelo pop, e é despido de quaisquer pretensões, a não ser o compromisso de se fazer boa música.

JUNKBOX - Bhz/MG
www.myspace.com/bandajunkbox

FotoAndreaMaia_2.jpg Junkbox - Foto Andrea Maia picture by bhindiemusic

Projeto independente para o Rock art.
Não baseada no convencionalismo, a música da Junkbox alia a arte e diversas manifestações intermidiáticas na construção de uma performance visual, sonora e sensorial. Concede valor estético à música contemporânea e vanguardista, explorando o rock na tendência alternativa.
Formada por Malu Aires, Rafael Dinamarque e Jotta, a tríade vem executando o álbum Florais nos últimos shows.
Malu Aires, intérprete de carreira internacional, assume Junkbox como seu trabalho autoral, não dispensando letras de conteúdo humanista, arranjos orgânicos ousados e a produção de um disco ímpar - produzido excepcionalmente em rolo analógico, no estudo das freqüencias limpas e experimentalismos sonográficos.
Contra a cultura de massa produzida pela indústria, Junkbox se comporta independente, desde 99.
À partir desta postura, Malu Aires idealiza e assume o BH Indie Music e o transforma, em pouco tempo, no maior festival de música independente do país.


MANOLOS FUNK - Vespasiano/MG
www.myspace.com/manolosfunk



Do funk, o swingue. Do rock, o peso. Do jazz, o cuidado e sutileza nos arranjos. Do pop, os refrões. Unindo esses conceitos a banda Manolos Funk, formada em 2005, conseguiu uma sonoridade inédita em uma forma diferente de fazer música pop. O quinteto formado por Gustavo Rique (sampler e percussão) Fred Berli (Bateria), Marcelo Sponchiado (contrabaixo), Tchululu (vocais) e Ricardo Ulpiano (guitarras-voz) mistura diversos tipos de elementos sonoros a letras em português que fogem do lugar comum, mas que ainda conservam o apelo do pop.

Nos shows, a banda apresenta seu trabalho autoral com uma sonoridade moderna e com identidade própria. E mesmo ainda finalizando seu primeiro EP, a qualidade e originalidade de sua música tem garantido uma boa agenda para a banda nos mais variados eventos.

Além da presença garantoda em palcos dos maiores festivais da cena independente, os Manolos ajudam com ações concretas na difusão e fomento da música independente e o Coletivo Azimute integrado ao Circuito Fora do Eixo, e o festival Arena Livre em Vespasiano.

OS 4 VENTOS - Bhz/MG
www.myspace.com/os4ventos

apresentaonomatriz-1.jpg Os 4 Ventos - Marco Antônio picture by bhindiemusic

A banda "Os 4 ventos" pode ser melhor descrita como um arranjo de guitarras distorcidas e baixo em meio à marcação frenética da bateria numa pegada de samba alucinado.
MPB experimental?
Batucadas de bongô enlançando-se a vozes brandas, gritos fortes, palmas, berros e corpo dançante. Verdadeiramente, um som difícil de ser classificado, determinado ou categorizado por algum estilo musical. "Os 4 ventos" se propuseram a buscar o caminho da experimentação pretendidos a encontrarem a canção original. Não é uma caminhada feita de qualquer maneira de forma estrambelhada. É um caminhar consciente, ousado, corajoso e fervoroso rumo as terras vermelhas do coração.

SIMPLES - Bhz/MG
www.myspace.com/bandasimples

Foto_Simples.jpg Simples picture by bhindiemusic

A banda SIMPLES foi criada por volta de 1999 pela paixão de dois irmãos pela música, Diogo Pertence e Daniel Pertence, que de dentro do quarto, tocando para amigos, parentes e vizinhos deram as suas músicas simples uma identidade.
Por vários anos a banda foi uma dupla de guitarra e bateria, tudo muito simples, com um som muito cru e sem enfeites, dai a origem do nome SIMPLES. No final de 2008 decide-se que um baixista na banda cairia bem, ai que nove anos tocando só com guitarra e bateria a banda agrega mais um integrante Richardson Clark, o baixista, que com uma marcação forte preenche um vazio na banda.
Esse é o SIMPLES sem definição de estilo, simplesmente música boa e original!

VALSA BINÁRIA - Bhz/MG
www.myspace.com/valsabinaria




Gardenais é uma banda de rock mineira que sempre cativou o público e a mídia. O disco Lindo Triste Mundo é uma bela coleção de canções bem arranjadas, com melodias e letras bacanas - destaque para o hit "Ele Não Pensa em Mais Nada". Mas o quarteto deu um tempo nas atividades e o guitarrista Leo Morais surge com um novo projeto muito interessante, ao lado dos músicos Rodrigo Valente, Gustavo Saiani e Alex Reuter, chamado Valsa Binária, e soltou na praça um EP com quatro ótimas músicas, que logo na estréia, já cativaram os interados da indie música.


serviço:

LANÇAMENTO DO III BH INDIE MUSIC
07/09/2009 (SEGUNDA/FERIADO)
LAPA MULTSHOW
Rua Álvares Maciel, 312 – St. Efigênia
Info: 31 3241.2074 www.lapamultshow.com.br
HOR: 17:00H

ENTRADAS: R$10,00 (antecipados até às 16h de segunda-feira) R$15,00 (no dia, após às 16h) e R$20,00 (após 20 horas)
Shows das bandas independentes IN VERSO (BH), JUNKBOX (BH), ANTENAFOBIA (BH), VALSA BINÁRIA (BH), SIMPLES (BH), MANOLOS FUNK (BH), AS HORAS (BH), OS 4 VENTOS (BH), CARA SUJA (SP) e BERRODUBIO (SP).

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More